Google Street View/Reprodução
Google Street View/Reprodução

Polícia prende suspeito de matar adolescente em roubo de celular

Outro suspeito se entregou à polícia nesta quinta. Justiça havia decretado prisão de ambos após morte de jovem na Freguesia do Ó, zona norte da capital

O Estado de S.Paulo

16 Agosto 2018 | 22h55

SÃO PAULO - Um dos suspeitos de envolvimento com a morte do adolescente Robert Henrique Araújo Braga, de 16 anos, foi preso nesta quinta-feira, 15, pela Polícia Civil. Um segundo suspeito de ligação com o caso se apresentou na sede da 4ª Seccional (Norte) também nesta quinta. Ambos estavam com prisão temporária decretada pela Justiça.

Braga foi morto na noite de sexta-feira, 11, após ter o celular roubado por dois assaltantes. Segundo o boletim de ocorrência, uma testemunha relatou à polícia que dois homens abordaram o adolescente na Rua Professor Andreoli, no bairro Parque São Luís, distrito da Freguesia do Ó, zona norte da cidade de São Paulo. A vítima morreu no local.

O crime ocorreu por volta das 21h40. Segunda a testemunha, o garoto teria tentado recuperar o celular roubado, momento em que foi alvejado no rosto. No local, policiais militares encontraram a vítima caída no chão. Eles chegaram a chamar o resgate, que constatou o óbito. 

O caso é o segundo latrocínio envolvendo roubo de celular na região metropolitana de São Paulo nesta semana. Na quinta-feira, 9, uma jovem de 18 anos foi morta após entregar o aparelho a assaltantes em Santo André, no ABC Paulista. 

Mais conteúdo sobre:
Freguesia do Ólatrocínio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.