Adolescente de 16 anos é morto após roubo de celular na zona norte de SP

Estudante foi baleado no rosto na noite de sexta-feira, 10, na Freguesia do Ó; caso é o segundo latrocínio envolvendo roubo de celular em São Paulo nesta semana

Priscila Mengue, O Estado de S.Paulo

11 Agosto 2018 | 14h19

SÃO PAULO - O estudante Robert Henrique Araújo Braga, de 16 anos, foi morto na noite de sexta-feira, 11, após ter o celular roubado por dois assaltantes. Segundo o boletim de ocorrência, uma testemunha relatou à polícia que dois homens abordaram o adolescente na Rua Professor Andreoli, no bairro Parque São Luís, distrito da Freguesia do Ó, zona norte da cidade de São Paulo. A vítima morreu no local.

O crime ocorreu por volta das 21h40. Segunda a testemunha, o garoto teria tentado recuperar o celular roubado, momento em que foi alvejado no rosto. No local, policiais militares encontraram a vítima caída no chão. Eles chegaram a chamar o resgate, que constatou o óbito. 

O crime foi registrado como latrocínio no 13º Distrito Policial (DP Casa Verde). Segundo a Secreteria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP), o caso deve ser encaminhado ao Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) na segunda-feira, 13. 

Nas redes sociais, uma tia do garoto pediu colaboração de moradores e frequentadores da região nas investigações. "Eu peço, por favor, quem tiver as filmagens do que aconteceu, por favor, entre em contato comigo", escreveu Beatriz Marttins, que se apresenta como parente da vítima.

O caso é o segundo latrocínio envolvendo roubo de celular na região metropolitana de São Paulo nesta semana. Na quinta-feira, 9, uma jovem de 18 anos foi morta após entregar o aparelho a assaltantes em Santo André, no ABC Paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.