Felipe Cordeiro/Estadão
Felipe Cordeiro/Estadão

Motociclista morre após acidente na Marginal do Tietê

Colisão entre moto e caminhão aconteceu na altura da Ponte Júlio de Mesquita Neto; esta foi a quinta ocorrência com morte nas Marginais no ano

Renata Okumura, O Estado de S.Paulo

06 Abril 2017 | 11h11

SÃO PAULO – Um acidente envolvendo uma moto e um caminhão provocou a morte do motociclista na pista central da Marginal do Tietê, sentido Rodovia Ayrton Senna, na região da Barra Funda, zona oeste de São Paulo, na manhã desta quinta-feira, 6. Segundo a Polícia Militar, a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informa que as duas faixas bloqueadas na altura da Ponte Júlio de Mesquita Neto, pela manhã, já foram liberadas. O Corpo Bombeiros e a perícia também acompanharam o atendimento. As causas do acidente serão investigadas.

A ocorrência foi registrada às 9h10 desta quinta-feira.

Balanço. A CET registrou 117 acidentes com vítimas nas Marginais do Pinheiros e do Tietê no segundo mês de vigência dos novos limites de velocidade nas duas vias, entre 24 de fevereiro e 26 de março. Do total, 93 envolveram motos, houve quatro atropelamentos e duas mortes de motociclistas. Após o fechamento do balanço do segundo mês, a CET registrou mais três mortes de motociclistas desde o aumento dos limites de velocidade. 

O balanço divulgado pela CET se refere aos dados operacionais coletados nas vias pelos agentes de trânsito da companhia, que só foram divulgados nesta gestão após o início do Programa Marginal Segura.

A equipe do prefeito João Doria (PSDB) alega que eles não podem ser comparados com os dados operacionais da CET na gestão Fernando Haddad (PT), quando os limites de velocidade foram reduzidos para 50 km/h, 60 km/h e 70 km/h, porque há 67% mais agentes operando nas Marginais agora, o dobro de câmeras de monitoramento em operação e o tempo de atendimento de uma ocorrência caiu 25%, de oito para seis minutos.

Mortes. Neste ano, contando a ocorrência desta quinta-feira, cinco motociclistas morreram nas Marginais, segundo a CET. O primeiro caso aconteceu em 14 de fevereiro, na pista expressa da Marginal do Pinheiros. A segunda morte foi registrada em 4 de março, também na pista expressa da Marginal do Pinheiros.

A terceira foi no dia 10 de março e aconteceu na pista expressa da Marginal do Tietê, no sentido Ayrton Senna, quando um motociclista morreu após uma batida com um caminhão também na altura da Ponte Estaiadinha. Já a quarta foi no dia 30 de março e também envolveu um caminhão e uma moto na pista central da Marginal do Tietê, no sentido da Rodovia Castelo Branco, na altura da Ponte Estaiadinha. Nesta quinta-feira, o quinto acidente foi registrado na pista central da Marginal do Tietê, no sentido da Rodovia Ayrton Senna, na altura da Ponte Júlio de Mesquita Neto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.