Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Governo de SP libera visitas a cemitérios no feriado de Finados

Decisão final é das prefeituras; governo de São Paulo destacou necessidade de uso de máscara e distanciamento social

Priscila Mengue, O Estado de S.Paulo

26 de outubro de 2020 | 13h51

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou na tarde desta segunda-feira, 26, a liberação de visitas a cemitérios durante o Dia de Finados, que ocorre na próxima semana, em 2 de novembro. Ele destacou, contudo, que a decisão final sobre a permissão é das prefeituras.

"O nosso Centro de Contingência, com mais de 20 médicos e especialistas, não estabeleceu nenhuma restrição aos cemitérios. Recomenda expressamente a quem for, que usem máscara, evitem aglomerações e respeitem o distanciamento social", destacou o governador.

Para celebrações religiosas, conforme o governo municipal, cada instituição foi orientada sobre as regras que devem ser seguidas, como uso obrigatório de máscara, álcool em gel e o protocolo de distanciamento social. Também foram recomendas cerimônias nos espaços abertos dos cemitérios municipais e não nas capelas, além de aumentarem o número de cultos e missas durante o dia, para evitar a aglomeração de fiéis.

De acordo com a Prefeitura, cada cemitério municipal recebeu banner com informações sobre essas medidas sanitárias, além de termômetros para a medir temperatura e máscaras descartáveis. Banheiros químicos femininos, masculinos e para portadores de necessidades especiais também serão oferecidos, além de reforço no número de funcionários. Os cemitérios municipais funcionam diariamente das 7h às 18h.

Outras localidades brasileiras tomaram decisão semelhante, como Belo Horizonte e Brasília. Na capital federal, contudo, a arquidiocese local decidiu não realizar missas nos cemitérios, restringindo as celebrações a paróquias e capelas, seguindo o horário das missas dominicais. 

Também nesta segunda, o governo estadual anunciou a liberação do funcionamento de parques estaduais nos fins de semana, medida também adotada pela Prefeitura de São Paulo. A retomada já passa a valer neste sábado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.