Zona sul de SP tem janeiro mais chuvoso dos últimos 70 anos

Nesta madrugada, região foi uma das mais atingidas por temporal; área acumula 452,2 milímetros de chuva

Fabiana Marchezi e Maíra Teixeira, Central de Notícias

21 Janeiro 2010 | 15h22

Os moradores da zona sul de São Paulo vivem o janeiro mais chuvoso dos últimos 70 anos, segundo registros da Climatempo. Nesta madrugada, a região foi uma das mais atingidas pelo temporal que castigou a Grande São Paulo.

 

Veja também:

linkDesde dezembro, chuvas mataram 58 no Estado de SP

linkBairros estão em estado de alerta para deslizamentos

som Eldorado: Ouça a íntegra da entrevista de Gilberto Kassab 

blog Blog do Trânsito: Confira a situação das principais vias

mais imagens Galeria de fotos do caos na cidade

forum Vote na enquete: De quem é a culpa pelas enchentes?

especialMande seu relato para o estadao.com.br

 

Segundo a Climatempo, a estação meteorológica da USP, localizada perto do zoológico, registrou um acumulado de 80,4 milímetros entre a noite de quarta, 20, e a manhã desta quinta-feira, 21. Desde 1º de janeiro até esta quinta, a zona sul já acumulava 452,2 milímetros de chuva.

 

PELA CIDADE

 

Com a chuva desta madrugada, a capital já teve 33% a mais de chuva do que a média prevista para o mês de janeiro, de 239 milímetros, de acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). Desde o início do mês, a cidade registrou 316,9 milímetros de chuva.

 

De acordo com a equipe de meteorologia do CGE, a previsão é de novas chuvas durante o final da tarde e o início da noite, oscilando entre intensidade fraca a moderada.

 

Choveu mais nos bairro da Vila Mariana (112mm), Consolação (101,3mm), Lapa (98mm), Ipiranga (89,9mm), Pinheiros (79,7mm) e Freguesia do Ó (79,2mm). Na divisão por regiões a zona oeste foi a que recebeu o maior volume, com 81,7mm, seguida pelo centro, com 59,1mm, depois a zona sul, com 56,9mm, zona leste, 47,2mm e zona norte, com 46,6mm.

Mais conteúdo sobre:
chuvas em SP SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.