Zona oeste de SP ganha mais 1,7 km de faixas exclusivas para ônibus

Prioridade de coletivos na Avenida Imperatriz Leopoldina vale de segunda a sexta-feira, das 6h às 9h e das 17h às 20h

Felipe Cordeiro, O Estado de S. Paulo

23 de junho de 2014 | 09h07

SÃO PAULO - A Prefeitura de São Paulo instalou nesta segunda-feira, 23, mais 1,7 quilômetro de faixas exclusivas à direita para ônibus na Avenida Imperatriz Leopoldina, na zona oeste. Em direção ao centro, os coletivos terão prioridade entre as Ruas Carneiro da Silva e Blumenau. Já no sentido bairro, entre as Ruas Teerã e Carneiro da Silva. As faixas funcionam de segunda a sexta-feira, das 6h às 9h e das 17h às 20h.

De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), no trecho da nova faixa implantada, circulam pela Imperatriz Leopoldina 15 linhas de ônibus no sentido centro, com frequência de 73 ônibus por hora, que transportam 110 mil passageiros em média por dia útil. Por sua vez, no sentido bairro, passam 15 linhas, que transportam 110 mil passageiros por dia útil, em uma frequência de 61 ônibus por hora.

A ativação está inserida na Operação Dá Licença Para o Ônibus, que tem o objetivo de ampliar a prioridade à circulação do transporte coletivo e que criou 337,3 quilômetros de faixas exclusivas para os ônibus na capital paulista. Conforme institui o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), dirigir pela pista restrita aos ônibus é uma infração leve, com perda de três pontos na carteira e multa de R$ 53,20.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.