Wanderléa e homem-faixa

A cantora Wanderléa, estrela da época da Jovem Guarda, nos anos 1960, estrelou uma campanha publicitária veiculada neste ano na TV para estimular as pessoas a fazerem o gesto do pedestre. A peça foi uma brincadeira com a música Pare o Casamento. Sucesso há mais de 40 anos, a canção traz o verso "Por favor, pare agora…", que foi relacionado ao gesto do pedestre.

O Estado de S.Paulo

01 Outubro 2012 | 03h01

"Estamos acreditando muito nesse resgate da memória coletiva e da empatia com pessoas bacanas, que podem dar uma mensagem que parece chata de uma maneira simpática e agradável", disse Ricardo Furriel, diretor de criação da agência nova/SB, contratada para a ação. Além de Wanderléa, o personagem homem-faixa, protagonista de outros esquetes publicitários do programa de proteção aos pedestres, também foi usado para reforçar a ideia de que a travessia deve ser realizada só nas faixas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.