Vulcão: voos são retomados no Sul do País

As companhias aéreas começaram a normalizar as operações nos aeroportos do Sul do País na manhã de ontem, após dezenas de voos terem sido cancelados por causa do deslocamento de cinzas do Vulcão Puyehue, no sul do Chile.

ELDER OGLIARI / PORTO ALEGRE, O Estado de S.Paulo

20 Outubro 2011 | 03h04

Ainda assim, centenas de passageiros enfrentaram transtornos no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, porque alguns aviões que fariam as primeiras operações do dia ficaram retidos em outros aeroportos.

Houve filas nas áreas de check-in e de remarcação de passagens. Como as condições meteorológicas e a atividade do vulcão estão instáveis, a recomendação é de que o passageiro entre em contato com a companhia antes de seguir para o aeroporto.

Segundo dados da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), 7 das 46 chegadas e 14 das 58 saídas previstas na capital gaúcha foram canceladas entre a meia-noite de anteontem e o meio-dia de ontem. O problema ficou concentrado no início da manhã, entre 6h e 9h. Ao meio-dia, a situação era considerada normal.

A nuvem de cinzas vulcânicas deixou o Rio Grande do Sul no início da madrugada de ontem e rumou para o Oceano Atlântico, na costa da Região Sudeste. Anteontem, a poeira estava visível na atmosfera do nordeste do Estado. / COLABOROU CIDA ALVES, ESPECIAL PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.