Volume de água do Alto Tietê cai ao menos 8,6 pontos percentuais desde ajuda ao Cantareira

Nesta terça-feira, 25, total armazenado no sistema chegou a 37,9%, contra 46,5% em dezembro; Cantareira está em 14,3%, novo recorde negativo

O Estado de S. Paulo

25 Março 2014 | 10h57

SÃO PAULO - O volume de água do Sistema Alto Tietê diminuiu em pelo menos 8,6 pontos percentuais desde dezembro do ano passado, quando o sistema passou a abastecer regiões de São Paulo normalmente atendidas pelo Cantareira. De acordo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), no último dia de 2013, o volume do Alto Tietê estava em 46,5%. Nesta terça, entretanto, o nível de água está em 37,9%, 0,1% acima.

Um estudo da Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos aponta que, a demanda por água na Bacia do Alto Tietê crescerá 14% de 2008 até 2025.

Cantareira. Apesar de medidas para evitar o racionamento na cidade de São Paulo, como a redução da vazão, nesta terça-feira o Sistema Cantareira está em 14,3%, conforme o acompanhamento diário divulgado pela Sabesp. Esta é a menor marca já registrada desde a criação do Sistema.

Mais conteúdo sobre:
Alto Tietê

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.