Volta do feriado segue complicada nas rodovias que cortam SP

Trânsito é carregado e perspectiva é de que o fluxo de veículos continue intenso nesta segunda-feira

Rejane Lima, do Estadão, Célia Froufe, da AE, e Fabiana Marchezi, do estadao.com.br,

09 de setembro de 2007 | 20h04

A volta do feriado prolongado de 7 de Setembro à capital paulista está complicada nas principais estradas que ligam São Paulo a outras cidades e Estados. Na maior parte das rodovias, o trânsito está carregado e a perspectiva da Polícia Rodoviária é a de que o fluxo de veículos continue intenso nesta segunda-feira, 10, ainda que em menor proporção do que neste domingo. Um engavetamento envolvendo cinco veículos de passeio e dois ônibus na Rodovia Presidente Dutra (Rio - São Paulo), no sentido da capital paulista, deixou três vítimas com ferimentos leves e causou congestionamento no trecho próximo ao Km 161 das 15h45 às 18h51, segundo a Nova Dutra, concessionária responsável pela estrada. Também de acordo com a Nova Dutra, as pessoas acidentadas foram encaminhadas à Santa Casa de Jacareí, cidade mais próxima ao local do engavetamento e passam bem. A concessionária afirmou ainda que o trânsito segue intenso, principalmente nas proximidades das duas capitais e que há alguns pontos de lentidão ao longo da rodovia. A subida no Sistema Anchieta/Imigrantes também está lenta no trecho do planalto devido ao excesso de veículos. De acordo com a Ecovias, concessionária que administra o sistema, dos 337 mil veículos que desceram a serra desde quinta-feira, 267 mil já haviam retornado para a capital até às 19 horas. A Ecovias implantou a Operação Subida (2x8) às 18h de sábado, e o retorno do feriado era feito pelas duas pistas da rodovia dos Imigrantes e pela pista Norte da via Anchieta. Para seguir em direção ao litoral, o motorista tinha disponível a pista Sul da via Anchieta. Às 19h30, o pior trecho do sistema era entre os quilômetros 41 e 28 da pista Norte da Imigrantes. A saída de Praia Grande também era lenta nesse horário, principalmente na ponte do Mar Pequeno, Km 70 da mesma rodovia. Na rodovia Padre Manuel da Nóbrega, o motorista também enfrentava lentidão entre os quilômetros 292 e 276, em Praia Grande e São Vicente. Já na Rodovia Anchieta e Cônego Domênico Rangoni (ex Piaçaguera-Guarujá) o trânsito foi intenso, mas fluiu sem maiores problemas todo o dia. Na Rodovia dos Tamoios, em direção à capital paulista, por volta das 20 horas, havia morosidade na altura dos quilômetros 72 e 80. Rio-Santos Para os turistas que retornaram do litoral norte pela Rio-Santos (rodovia Litorânea / SP-55), o tráfego foi intenso durante todo o dia e os piores trechos foram os urbanos, de acesso às praias, onde as lombadas, fazem os motoristas reduzirem a velocidade. O maior trecho de morosidade foi em Bertioga, onde no começo da noite havia lentidão entre os quilômetros 208 ao 233. Lá, a saída para a rodovia Mogi-Bertioga e a entrada para os condomínios da Riviera de São Lourenço complicam o trânsito. A travessia das balsas de Santos para Guarujá e entre São Sebastião e Ilhabela transcorreu normalmente e sem filas a maior parte do dia. A exceção foi entre meio-dia e 15 horas, quando os motoristas que deixavam Ilhabela tiveram que esperar duas horas para ir ao continente. Lá, cinco balsas realizaram a travessia. Já na ligação Santos-Guarujá, seis embarcações operaram durante o domingo, segundo informou a Dersa. Interior Na Rodovia Raposo Tavares, de acordo com o site da Via Oeste, não há pontos de congestionamento ou lentidão. Já na Castelo Branco, sentido São Paulo, havia lentidão entre os quilômetros 55 e 72, na região de Itapevi. Segundo a polícia Rodoviária Federal, o trânsito também estava congestionado, por volta das 20 horas, entre os quilômetros 40 e 65 na Rodovia Fernão Dias, sentido capital paulista, entre Atibaia e Mairiporã, somando 25 quilômetros de morosidade. Já na Rodovia Régis Bittencourt, rumo à São Paulo, havia lentidão entre os quilômetros 369 e 384, na região de Miracatu. Nas outras estradas que cortam o município de São Paulo, até este horário, o movimento era intenso, mas não havia registros de grandes congestionamentos nem de acidentes graves, segundo as polícias rodoviárias federal e estadual e as concessionárias dos sistemas Anchieta-Imigrantes, Anhangüera-Bandeirantes e Castelo Branco-Raposo Tavares.

Tudo o que sabemos sobre:
Estradasferiado prolongado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.