Vizinhos de igreja atiram em adolescente

Um adolescente de 16 anos levou um tiro no braço na noite de anteontem e foi agredido a chutes e socos após culto numa igreja da Assembleia de Deus de Sumaré, no interior. Os suspeitos - pai e filho - seriam vizinhos incomodados com o barulho. Segundo testemunhas, eles ainda agrediram um pastor de Bertioga e tentaram bater no pastor da igreja, Alessandro Godoy, antes de serem presos pela polícia.

O Estado de S.Paulo

25 de março de 2013 | 02h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.