Vítimas podem sofrer com trauma

O psiquiatra Felipe Corchs, do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínica, diz que vítimas de sequestro relâmpago também podem desenvolver estresse pós-traumático. O transtorno requer terapia e, em alguns casos, remédios controlados. "São situações em que a pessoa não quer sair de casa ou só lembra daquele trauma vivido no passado." / C.H.

O Estado de S.Paulo

21 de maio de 2012 | 03h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.