Vítimas em terra eram todas da mesma família

Acidente com jato na zona norte de São Paulo matou avó, pai, mãe, filha, neto e genro

04 de novembro de 2007 | 20h24

Pelo menos seis pessoas da mesma família morreram neste domingo, 4, com a queda de um jato Learjet 35 em três casas no bairro da Casa Verde, zona norte de São Paulo. Doze pessoas da família Fernandes moravam na casa nº 118 da Rua Bernardino de Sena - a mais atingida entre as três. Morreram no acidente avó, pai, mãe, filha, neto e genro. Lina Oliveira Fernandes, de 75 anos, era mãe de Aires Fernandes, de 54, casado com Rosa Lima, também de 54 anos.  Veja também:Jatinho cai na zona norte de SP e deixa 8 mortos  Vídeo do local do acidente  Vídeo das casas atingidas pelo jato Vídeo do resgate no local do acidente Veja como foi o acidente com o Learjet 35 Galeria de  fotos  Piloto foi avisado que estava na direção erradaJato estava com manutenção em dia, diz Anac Após acidente, Jobim quer mais fiscalização Em uma semana, 4 acidentes aéreos em SPJornalista testemunha queda de avião Morador flagra queda de jato e filma resgate  A filha do casal, Ana Maria Lima Fernandes, de 21 anos, e um bebê de dez meses, filho dela, também morreram. Lucas, o pai da criança também morreu no acidente. As outras duas vítimas são o piloto e o co-piloto do jato, Paulo Roberto Montezuma Firmino, 39 anos, e Alberto Soares Júnior, de 24. A esposa do piloto, Gisele Claro Firmino é dona de um buffet no centro de São José dos Campos e, segundo informações de uma das funcionárias, desde que recebeu a notícia do acidente, até por volta das 19 horas, não tinha feito contato com a empresa.  A funcionária disse que o piloto voava há pelo menos sete anos e que era autônomo, realizando vôos particulares.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.