Vistoria só do Detran: caso pode ir à Justiça

As empresas particulares que fazem vistorias de veículos e emitem o laudo necessário para a venda afirmam que entrarão na Justiça contra o Detran de São Paulo, caso o órgão não desista da decisão de aceitar a partir de janeiro apenas os laudos emitidos pelo próprio órgão ou por Ciretrans (sedes regionais). A Associação Nacional das Empresas de Vistorias e Inspeções Veiculares (Anpevi) alega que o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) prevê, em diferentes portarias, que empresas cadastradas possam também realizar as vistorias.

Márcio Pinho, O Estado de S.Paulo

10 Dezembro 2010 | 00h00

Segundo o conselheiro Humberto Cardoso, os Detrans não têm estrutura para atender a demanda, o que até mesmo levou o Denatran a abrir espaço para as empresas privadas. Ele cita ainda o prejuízo que a medida trará ao setor. "Já são 1.100 empresas cadastradas no Estado de São Paulo." O Detran garante que terá estrutura e funcionários para realizar todos os atendimentos. São 1.200 por dia somente na capital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.