Hélvio Romero/Estadao
Hélvio Romero/Estadao

Viracopos terá equipamento para retirar aeronave quebrada na pista

Em outubro, terminal ficou fechado por 46 horas após um cargueiro apresentar problemas durante o pouso

Ricardo Brandt - O Estado de S. Paulo,

06 de novembro de 2012 | 20h26

CAMPINAS - A concessionária Aeroportos Brasil, vencedora em fevereiro do leilão do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo, anunciou nesta terça-feira, 6, que iniciou o processo de compra de um equipamento para resgate de aeronaves quebradas na pista. O recovery kit estará disponível no terminal a partir de 2013.

A medida foi anunciada após o fechamento de Viracopos por 46 horas, entre os dias 13 e 15 de outubro, quando um cargueiro da Centurion Cargo Airlines ficar atravessado na pista, depois de um pouso forçado.

A falta do equipamento em Viracopos foi um dos motivos que provocaram a demora na liberação da pista. No período em que esteve fechado, 512 voos foram cancelados e pelo menos 40 mil passageiros, prejudicados.

O investimento para a compra o recovery kit - que engloba um macaco hidráulico inflável e guindaste para remoção de aeronaves quebradas da pista - será de cerca de US$ 3 milhões e a expectativa é que o equipamento estará disponível em Viracopos, em tempo integral, a partir do início de 2013. O terminal será o primeiro do país a contar com esse tipo de equipamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.