Violência sem explicação

Em 9 de janeiro, Michel Goldfarb Costa, de 35 anos, atirou em duas pessoas para roubar quatro carros e tentar levar outros dois. Também se envolveu em quatro acidentes. Ao se entregar, disse que estava "confuso". Em 11 de abril, na Paulista, um morador de rua esfaqueou duas pessoas em um ponto de ônibus na frente do Parque Trianon. Em novembro de 2009, na Livraria Cultura da mesma avenida, o personal trainer Alessandre Aleixo (foto), de 38 anos, bateu com taco de beisebol no designer Henrique de Carvalho Pereira, de 22, que morreu após dez meses em coma. O agressor foi mandado a um manicômio.

O Estado de S.Paulo

03 Março 2012 | 03h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.