Villa-Lobos ganha espaço canino

Área para 100 cães terá aulas de adestramento

Cida Alves, O Estado de S.Paulo

20 de agosto de 2011 | 00h00

O Parque Villa-Lobos, na zona oeste, inaugura hoje o Espaço Canino, uma área com mais de 1,8 mil metros quadrados para atividades com cães e onde se oferecerão semanalmente aulas gratuitas de adestramento.

O espaço - o primeiro em parque da cidade - fica na frente do Orquidário Ruth Cardoso e tem capacidade para receber até 100 cachorros. O local é cercado, o que permite que os donos deixem os cães sem risco de eles fugirem. Também haverá bebedouros e minipista de obstáculos para o treinamento dos animais.

O adestramento é oferecido pelo Kenel Clube, que desenvolve trabalho voluntário no parque desde 1997, mas não possuía um local fixo para as atividades.

Para participar dos treinamentos, os cães devem estar com a vacinação em dia, e os proprietários têm de preencher um cadastro e assinar termo de responsabilidade. As aulas de adestramento são realizadas por cinco instrutores voluntários, com acompanhamento de uma veterinária. Elas ocorrerão todos os sábados, inclusive feriados, das 15 às 17 horas.

Atualmente, as aulas oferecidas pelo Kenel Clube têm um público flutuante de 70 a 80 proprietários com seus cães. Com a criação do Espaço Canino, a expectativa é de que esse número aumente. O treinamento se divide em três etapas, que podem ser concluídas em até quatro meses.

Inauguração. Para hoje, na abertura do espaço, a programação começa às 9 horas. Haverá palestras sobre posse responsável de animais e competição de adestramento.

Uma equipe do Hemocentro Veterinário da Faculdade Anhembi Morumbi também participará do evento, oferecendo serviço de análise de sangue. O proprietário que aceitar doar o sangue de seu cão receberá sem custos os resultados dos exames do animal. A coleta será feita das 14 às 17 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.