Vila Madalena tem só 2,8% de área verde

Apesar de ser considerada um dos bairros nobres de São Paulo, a Vila Madalena, na zona oeste da capital paulista, tem locais públicos de lazer em apenas 2,8% de sua área. Isso é menos de um quarto do recomendado pela Organização das Nações Unidas (ONU), que é de 12%. O dado faz parte do novo plano de bairro da Vila Madalena, que está sendo feito pelo mesmo escritório de arquitetura que realizou o projeto do novo parque linear.

O Estado de S.Paulo

04 de agosto de 2012 | 03h03

Para chegar a esse número, os arquitetos tiveram de padronizar os limites da região, uma vez que, oficialmente, não existem mapas dos bairros da cidade. Além de raras, as 16 áreas verdes no bairro também são esparsas e não conectadas entre si. As duas maiores são as Praças José Carlos Burle e a Rafael Sapienza, com cerca de 10 mil metros quadrados cada uma. Mas outras chegam a ser tão pequenas quanto a Praça Georges Braque, com apenas 136 m² - o equivalente a um espaço de uma casa de tamanho médio.

Para Gustavo Freiberg, morador da Vila Madalena e coordenador de cultura da Associação Casa da Cidade, é necessário que a população do bairro se aproprie do espaço público.

"Temos poucas praças, poucos parques. Mesmo tendo pouco, as pessoas não conseguem encontrar atividades nesses espaços públicos. Está faltando política pública por parte da Prefeitura para deixar os espaços em condições para que os vizinhos se apropriem deles", afirmou.

Participação. Freiberg diz que acha interessante o projeto do parque linear, mas que deveria ter a participação dos moradores no encaminhamento. "Se o parque é feito só por uma empresa ou por uma entidade, acho que não tem sentido. Faz sentido se o conjunto dos vizinhos aprovar o projeto", observou. "Ele parece bonito, mas essa não é a questão. A questão é que tem de ser um projeto com o qual a população realmente esteja de acordo." / R.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.