Vigilante dispara contra aposentado em banco na zona leste de SP

Cliente discutiu com segurança porque não conseguia entrar na agência com marca-passo

Julia Baptista, da Central de Notícias

06 de maio de 2010 | 20h58

SÃO PAULO - Um vigilante foi preso em flagrante na manhã desta quinta-feira, 6, depois de ter atirado contra um aposentado de 47 anos. Um outro homem foi atingido. O crime aconteceu em uma agência bancária na Rua José Otoni, em São Miguel Paulista, na zona leste da capital.

 

Segundo testemunhas, depois de uma discussão com o aposentado, que tentava entrar na agência, mas não conseguia porque estaria usando um marca-passo, o vigilante do banco Pedro Gonçalves de Almeida, de 37 anos, disparou. A bala também acertou o rosto de um cozinheiro que estava próximo.

 

O aposentado ficou desacordado na porta de entrada da agência bancária. Ele foi levado ao PS Tide Setúbal e permanece em estado grave. O cozinheiro foi liberado e prestou depoimento no 22º DP, onde o caso será investigado.

Tudo o que sabemos sobre:
violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.