Vigilância multa dois supermercados na zona oeste de São Paulo

Pão de Açúcar de Pinheiros e Carrefour do Shopping Eldorado vendiam produtos com data de validade vencida ou sem rótulos

Priscila Trindade, da Central de Notícias

11 de maio de 2010 | 21h07

SÃO PAULO - Dois supermercados na zona oeste de São Paulo foram autuados pela Coordenação de Vigilância em Saúde (Covisa), da Prefeitura, nesta terça-feira, 11, por vender produtos com a data de validade vendida ou sem rótulos. As inspeções foram realizadas após parlamentares da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covisa apresentarem denúncia.

 

No supermercado Pão de Açúcar, localizado na Praça Panamericana, em Pinheiros, na zona oeste, técnicos do órgão encontraram, além de produtos vencidos, salsichas embaladas com rotulagem inadequada e a área da peixaria com temperatura inadequada. A padaria do estabelecimento teve de ser interditada em razão de irregularidades.

 

O supermercado divulgou nota hoje justificando as irregularidades como um fato "pontual". O Pão de Açúcar ainda ressaltou que "os funcionários foram reorientados a redobrar a atenção sobre o padrão de excelência exigido pela empresa."

 

Já no Supermercado Carrefour, no Shopping Eldorado, havia carne exposta à venda sem identificação, presença de patês vencidos na área de venda, temperatura inadequada nas gôndolas das pizzas e tomates secos com sinais de fungos, mesmo estando dentro do prazo de validade.

 

Em nota, a empresa informou "que qualquer irregularidade decorrente de uma quebra de procedimento, por falha humana ou técnica, será rigorosamente investigada e punida". Além disso, a companhia destacou manter "rígido controle dos produtos oferecidos em suas gôndolas, a partir de processos de verificação e supervisão, seguindo de maneira estrita os seus manuais de formação e produção e as normas do Código de Defesa do Consumidor."

Tudo o que sabemos sobre:
supermercados

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.