Vigia participou do assassinato de Mércia Nakashima, afirma polícia

Segundo diretor do DHPP, Evandro Bezerra da Silva e Mizael Bispo premeditaram 'crime bárbaro'

Gabriel Vituri, do estadão.com.br

12 de julho de 2010 | 16h01

SÃO PAULO - O vigia Evandro Bezerra da Silva, de 38 anos, participou do assassinato da advogada Mércia Nakashima. Ele e o policial militar aposentado Mizael Bispo de Souza, ex-namorado da vítima, conheciam a represa de Nazaré Paulista, no interior de São Paulo, e premeditaram o crime. As conclusões são da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

 

Veja também:

linkVigia é indiciado por participar de morte 

 

Segundo Marco Antônio Desgualdo, diretor do DHPP, o vigia afirma que apenas foi buscar Mizael às margens da represa, conforme lhe foi pedido. No local, Evandro diz ter visto Mizael com uma arma em mãos. As declarações coincidem com o que disse anteriormente um pescador que estava no local. "Foi um crime bárbaro, premeditado", disse o diretor da polícia. "Calculo o pânico que a doutora Mércia passou."

 

Em depoimento, Evandro confirmou que o policial aposentado matou a ex-namorada, mas negou participação. Mizael deve ser indiciado por homicídio até quarta-feira. Evandro foi preso na sexta-feira, no interior do Sergipe, e trazido a Guarulhos.

 

De acordo com Desgualdo, a investigação está "muito bem feita", apesar de os laudos ainda não estarem completos. A água fria da represa ajudou a conservar o corpo. "Os assassinos tinham certeza de que o corpo não seria encontrado", completou.

 

Mizael Bispo está foragido desde sábado, quando foi expedido um pedido de prisão temporária por 30 dias. Hoje, seu advogado afirmou que ele não vai se entregar à polícia, porque a prisão foi decretada com base no depoimento "duvidoso" do vigia. O advogado afirmou ainda que entrará na Justiça com o pedido de habeas corpus para seu cliente até terça-feira.

 

 

 

Mais conteúdo sobre:
caso Mércia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.