Vigia é preso por não manter distância mínima de 200 metros da ex-mulher

Pela primeira vez, segundo Regina Célia Issis, titular da 7.ª Delegacia de Proteção à Mulher (DPM), a Justiça de São Paulo decretou a prisão de um homem por violar medida protetiva, que o obrigava a se manter a mais de 200 metros de distância da ex-mulher, com base na Lei Maria da Penha. O homem foi detido na quarta-feira, e encaminhado ao Centro de Detenção de Pinheiros. O juiz Xisto Rangel Neto, da 2.ª Vara Criminal e de Violência Doméstica de São Miguel Paulista, considerou a prisão como a única forma de proteger a auxiliar de limpeza C.M.S., de 37 anos, do ex-companheiro, Edivaldo P.S., de 44 anos.

, O Estado de S.Paulo

26 de junho de 2010 | 00h00

De acordo com C.M.S, a relação de 10 anos do casal sempre foi conturbada. "Ele me ameaçava. Falava na frente das crianças que ia arrancar meu pescoço quando eu dormisse", conta, chorando. A situação piorou quando a vítima começou a trabalhar. Enciumado, Edivaldo insinuava que tinha amantes. Ela diz que isso nunca ocorreu.

FISCALIZAÇÃO

Prefeitura intima donos de lojas da Galeria Pagé

A Subprefeitura da Sé intimou ontem os proprietários de 50 lojas da Galeria Pagé, no centro de São Paulo, que estão em situação irregular. De acordo com a subprefeitura, os responsáveis pelos estabelecimentos terão 30 dias para a legalização das atividades, sob pena de fechamento administrativo. Além da notificação, todos foram multados em R$ 1.353,43. Uma megablitz da Receita Federal e da Polícia Militar, em março, fechou vários estabelecimentos e apreendeu R$ 5 milhões em produtos irregulares.

POLÍCIA

Bingo clandestino é fechado na Turiaçu

Um bingo clandestino foi fechado na Rua Turiaçu, em Perdizes, zona oeste da capital, anteontem à noite. Três adultos jogavam no local, com 41 máquinas de videobingo. A jogatina funcionava em sala comercial.

TRANSPORTE

Moradores protestam contra monotrilho

Moradores de São Mateus, na zona leste de São Paulo, protestaram ontem contra o monotrilho projetado para ligar a Vila Prudente à Cidade Tiradentes e que servirá como prolongamento da Linha 2-Verde do Metrô. Segundo o organizador do ato, Hamilton Clemente Alves, o monotrilho não atenderia à demanda. O Metrô, responsável pelo projeto, cancelou a licitação e deverá lançar nova proposta.

TV A CABO ILEGAL

PF faz operação na véspera de jogo

Na véspera de um jogo da seleção brasileira, a Polícia Federal fez, ontem, uma operação para desarticular centrais clandestinas de TV a cabo. Batizada como "Gato de Botas", a operação prendeu cinco pessoas, entre elas um PM, e estourou duas centrais. A quadrilha cobrava R$ 30 por mês para distribuir a programação de TV a cabo em 30 bairros nas cidades de Volta Redonda, Barra Mansa e Barra do Piraí.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.