Vice-prefeito de Embu-Guaçu atropela menino de 13 anos

A suspeita é de que Sapede estava embriagado, segundo a Polícia Rodoviária Estadual

Fabiana Marchezi, da Central de Notícias,

07 Março 2010 | 15h28

Um menino de 13 anos foi atropelado na noite de sábado, 6, enquanto andava de bicicleta na porta de sua casa, no quilômetro 42,5 da Rodovia SP-216, no município de Embu-Guaçu, na Grande São Paulo.

 

O carro que atropelou o garoto era dirigido pelo vice-prefeito da cidade, o médico Fernando Branco Sapede, de 47 anos. A suspeita é de que Sapede estava embriagado, segundo a Polícia Rodoviária Estadual.

 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, testemunhas informaram que o vice-prefeito dirigia sua Blazer prata no sentido bairro quando em uma lombada perdeu o controle da direção e subiu na entrada da casa, onde o adolescente estava em sua bicicleta.

 

Ainda de acordo com as testemunhas, Sapede apresentava forte cheiro de álcool e outros sinais de embriaguez. Já na versão do vice-prefeito, o menino teria vindo de uma rampa e tentado seguir seu carro, quando acabou colidindo com a lateral do automóvel.

 

Quando a Polícia Militar foi acionada, a vítima já havia sido socorrida ao pronto-socorro do hospital da cidade. Com ferimentos por todo o corpo, ele permanece internado em observação.

 

Sapede foi conduzido pelos PMs à delegacia do município, onde relatou o que havia acontecido e confessou ter bebido antes de dirigir. Ele se negou a fazer qualquer tipo de exame que confirmasse a possível embriaguez.

 

O local do acidente foi periciado e a Blazer apreendida por estar com a documentação irregular. O caso será investigado.

Mais conteúdo sobre:
Embu-Guaçu

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.