Viaturas das polícias de São Paulo terão câmeras internas

Sistema chamado Olho de Águia permite capturar som e imagem, além de transmitir dados criptografados

Carina Urbanin, Agência Estado

09 de julho de 2008 | 19h45

A Secretaria de Segurança do Estado de São Paulo adquiriu um novo sistema de câmeras, chamado Olho de Águia, que permite capturar som e imagem, e transmitir dados criptografados para os centros de operação da polícia, por meio de equipamentos implantados nos próprios veículos da corporação. A previsão é que o sistema esteja disponível às polícias Civil, Militar e Técnico-Científica em dez meses, com abrangência na capital e Grande São Paulo.   Para o funcionamento do sistema serão instalados rádios transmissores móveis e fixos que farão o recebimento e transmissão das informações. Serão três antenas fixas - no Pico do Jaraguá, Interlagos e Comando de Policiamento de Área 4 (zona leste). As móveis serão fixadas em vans, o que garantirá o seu deslocamento para permitir o funcionamento do sistema em áreas fora da cobertura das antenas fixas.   A captação dos dados será feita por meio de câmeras portáteis, presentes nos chamados quites táticos adquiridos pela polícia e que serão instalados nas viaturas, motocicletas e helicópteros. Inicialmente, o funcionamento das câmeras estará limitado à área de abrangência dos rádios transmissores, informou a secretaria. Mas é possível que, futuramente, o sistema seja ajustado para funcionar via satélite.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.