Viaduto Pompeia reabre na 2ª-feira

Pista no sentido Marginal do Tietê para o bairro vai funcionar só para carros e motos. Ponte dos Remédios ganhará mais uma faixa

FELIPE FRAZÃO, O Estado de S.Paulo

28 de janeiro de 2012 | 03h01

O trânsito de São Paulo deve ganhar um alívio na zona oeste a partir da manhã desta segunda-feira. A Prefeitura decidiu liberar parcialmente a passagem de carros, motos e caminhonetes no Viaduto Pompeia, fechado após incêndio no barracão da Mocidade Alegre, no dia 9 deste mês. O anúncio foi feito ontem - um dia depois de o prazo para a reabertura expirar. Além disso, a Ponte dos Remédios - aberta pela metade - terá uma faixa a mais na pista que está bloqueada desde novembro.

Ainda não há previsão, no entanto, para as duas vias voltarem a funcionar por completo.

A pista no sentido Marginal do Tietê-Pompeia terá fluxo reversível entre 6 e 22 horas e apenas duas faixas, na parte central do viaduto, serão usadas para o tráfego, por motivo de segurança. A pista no sentido Pompeia-Marginal continuará totalmente bloqueada, assim como duas faixas do sentido contrário, uma vez que as laterais do viaduto foram mais danificadas no incêndio.

As duas faixas, de 4 metros de largura cada, estarão abertas para o tráfego das 6 às 17 horas para motoristas que se deslocam da Marginal do Tietê e vias próximas em direção à região da Pompeia. Das 17 às 22 horas, o fluxo será revertido para atender aos motoristas que circulam da Pompeia para Marginal e Avenida Marquês de São Vicente.

O tráfego no viaduto será controlado. O limite de velocidade será de 40 quilômetros por hora. Veículos pesados, como ônibus e caminhões, estão vetados.

Agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e técnicos e engenheiros contratados pela Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (Siurb) vão monitorar o tráfego e também avaliar as condições estruturais do viaduto durante a passagem de veículos. Testes de vibrações e de sustentação de peso necessários para a liberação serão feitos nos próximos dias.

Ainda não há data para a reabertura completa nem o custo total das obras de reforma. A empresa contratada emergencialmente, Concrejato, ainda elabora um projeto executivo, de acordo com o superintendente de obras da Siurb, Régis de Oliveira.

A liberação tem objetivo de reduzir os congestionamentos. A interdição sobrecarrega as Marginais do Pinheiros e do Tietê, as Avenidas Marquês de São Vicente, Sumaré e Pompeia, a Ponte do Limão e os Viadutos Lapa, Antártica e Pacaembu. Cerca de 55 mil motoristas cujos veículos trafegam pelo viaduto diariamente são prejudicados.

Ponte. Fechada parcialmente desde novembro do ano passado, a Ponte dos Remédios, também na zona oeste, ganhará mais uma faixa de rolagem nesta segunda-feira. Será permitido o tráfego de ônibus.

De segunda a sexta, das 6 às 10 horas, haverá duas faixas de rolamento no sentido Osasco-São Paulo. No sentido Osasco, será apenas uma faixa.

À tarde, das 17 às 20 horas, o esquema de trânsito será invertido. Os motoristas com destino a Osasco terão duas faixas liberadas, e no sentido São Paulo haverá apenas uma.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.