Viaduto Pompeia: mais 15 dias só para sair laudo

Liberação da estrutura, cuja interdição tem complicado o trânsito na zona oeste, ainda não tem data para ocorrer

BRUNO RIBEIRO, O Estado de S.Paulo

12 de janeiro de 2012 | 03h02

Vai demorar mais duas semanas, a contar de hoje, para que a Prefeitura defina quando o Viaduto Pompeia, na zona oeste, poderá ser liberado para o trânsito de veículos. A interdição tem sobrecarregado, desde segunda-feira, o tráfego nos viadutos vizinhos - Antártica e Nagib Brein, na Lapa - e nas vias de ligação entre os elevados, como a Avenida Marquês de São Vicente. Sem contar a circulação de ônibus que tem como rota o Terminal Barra Funda.

O viaduto foi interditado depois de um incêndio no barracão da escola de samba Mocidade Alegre, que ocupava irregularmente a área, segundo o Ministério Público Estadual (MPE). O fogo danificou as estruturas da construção. E a limpeza do galpão - condição vital para permitir a vistoria - só começou a ser feita ontem.

A liberação do viaduto, entretanto, ainda não tem data para ocorrer. Técnicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras avaliaram preliminarmente o viaduto e disseram que será preciso executar novas obras para salvar a estrutura. Só depois de definir quais obras serão feitas é que será possível determinar quando a via ficará liberada. Dependendo do caso, uma empresa terá de ser contratada para executar os serviços e vai ser preciso fazer um novo projeto executivo.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) mantém, desde segunda-feira, monitoramento especial na região atingida pela interdição.

Alternativas. Como alternativa para os veículos vindos da Avenida Marquês de São Vicente, sentido Lapa, a CET recomenda que eles sigam pela Praça Luiz Carlos Mesquita e pelo Viaduto Antártica, sentido Sumaré. Já os que vêm do sentido Barra Funda devem seguir pela Praça Jácomo Zanella e pelo Viaduto Nagib Brein (Viaduto da Lapa).

Já quem circula pela Avenida Nicolas Boer e pela Ponte Julio de Mesquita Neto, no sentido Barra Funda, deve utilizar a rota formada pela Avenida Marquês de São Vicente, sentido Lapa, a Praça Luiz Carlos Mesquita e o Viaduto Antártica, sentido Sumaré. No lado oposto, os carros que estão na Avenida Pompeia, sentido Barra Funda, devem seguir pela Avenida Francisco Matarazzo, sentido centro, e então pela Rua Padre Antônio Tomás e pela Avenida Antártica, sentido Barra Funda.

O acesso ao Terminal da Barra Funda está sendo feito pela Avenida Marquês de São Vicente e pelas Ruas Robert Bosch, José de Oliveira Coutinho e Avenida Jornalista Aluísio Biondi.

'Disque CET'. A CET diz ainda que vai atender a reclamações e tirar dúvidas dos usuários pelo telefone 1188.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.