Viaduto do Chá conteve preços altos de aluguel

No começo do século 20, o Vale do Anhangabaú era uma região conhecida como Morro do Chá. O produto era cultivado em propriedades da região, assim como hortaliças. O primeiro projeto de um viaduto foi apresentado em 1877. O objetivo era ligar as Ruas Direita e Barão de Itapetininga, além de "facilitar as comunicações entre o centro da cidade e os bairros do Chá, Consolação, Santa Cecilia e parte de Santa Ephigenia", dizia editorial do Estado em 1888. "A principal vantagem, parece-nos, será augmentar consideravelmente a area própria para a edificação predial a pequena distancia da cidade, pois é sabido quão grande é a falta de casas em suas cercanias e quão elevados são hoje os aluguéis."

/ ROSE SACONI, O Estado de S.Paulo

06 de dezembro de 2012 | 23h49

A Companhia Paulista do Viaducto do Chá iniciou o projeto em 1889 e a obra foi inaugurada em 1892. O viaduto media 240 metros de comprimento e tinha portões e guaritas de madeira em suas extremidades. Era cobrado um pedágio de três vinténs pela passagem. Já obsoleto em 1938, ele foi demolido e o novo viaduto de concreto armado foi aberto.

História: Falta de área para construir casas na região mais antiga de SP foi uma das razões para sua construção

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.