'Via Sacra' perde tinta e pintura pode desaparecer

Uma das obras de Candido Portinari com graves problemas em Batatais é a 13ª Estação da Via Sacra, uma das 14 peças que compõem a Via Sacra. Ela já está soltando tinta.

O Estado de S.Paulo

09 Setembro 2012 | 03h02

Segundo o guia Antônio Squalise, esse caso é certamente um dos mais graves, pois se nada for feito rapidamente a pintura vai desaparecer.

Ele cita como crítico o estado de conservação do quadro O Batismo. Água escorreu sobre a tela 20 anos atrás e até hoje nada foi feito.

A ação dos cupins foi identificada há quatro anos e, na época, foi feita a "descupinização". No entanto, Squalise diz que, apesar de aparentemente o problema ter sido resolvido, até hoje não foi feita uma análise para se verificar efetivamente se a ameaça estaria mesmo descartada. / R.M., ESPECIAL PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.