Vexame Futebol Clube

Monólogo da carochinha

TUTTY HUMOR, O Estado de S.Paulo

24 Abril 2012 | 03h03

Quem já teve acesso aos rascunhos garante: a defesa que Demóstenes Torres prepara para apresentar no Conselho de Ética do Senado promete ser um dos melhores momentos da comédia stand-up no Brasil. Se adaptar para o teatro, vira campeão de bilheteria.

Olho vivo

O que tem de observador da ONU na Síria, convenhamos, tomara que depois uns não contem o que viram os outros fazer. Só se fala disso na sede das Nações Unidas, em Nova York!

Fora Sarney!

Entrou madrugada adentro o bota-fora de José Sarney no Sírio-Libanês. A notícia de que o senador terá alta médica nesta terça-feira foi intensamente comemorada em todo o hospital.

Cabra da peste

Paul McCartney dividiu a plateia de seu show no Recife! Metade achou que ele pronunciou "povo arretado" com indisfarçável sotaque baiano! A outra metade adorou!

Substituto à altura

Felipe Massa deu mais um passinho à frente: foi o nono colocado no GP do Bahrein. É sério candidato a virar um novo Rubinho Barrichello da Fórmula 1 brasileira.

Fono point

Que diabos rola de interessante nas sessões de fonoaudiologia do Lula no Hospital Sírio-Libanês? Lugar mais estranho para receber amigos, né não? FHC, Ronaldo Fenômeno e

Romário já passaram por lá! Aí tem!

Bem fez o Flamengo que deu logo férias para sua torcida! O time só voltará a aborrecê-la a partir de 20 de maio, pelo Brasileirão! Palmeirenses e corintianos não terão a mesma sorte: ainda correm risco de eliminação na Copa do Brasil e na Libertadores, respectivamente.

Outra vantagem dos rubro-negros cariocas: ontem, Dia de São Jorge, foi feriado no Rio, ou seja, ninguém precisou aturar a gozação indiscriminada dos colegas de trabalho.

O corintiano, por exemplo, já chegou na firma com o atraso regulamentar dos engarrafamentos nas marginais justificado pela gracinha de um tricolor qualquer com a macaca: "Está difícil passar pela ponte hoje, né queridão?"

O dia depois da derrota para a Ponte Preta só não foi inteiramente insuportável para o maior bando de loucos da capital graças à companhia de seus principais rivais no infortúnio do Paulistão.

O que seria do torcedor do Corinthians ontem não fossem os palmeirenses dividindo a zombaria generalizada no mundo da bola? No Rio, os flamenguistas caíram sozinhos na vala comum da gozação adversária!

De igual, cariocas e paulistas dividem a sensação de que o vexame está de bola cheia no futebol brasileiro.

Sabe o Jarbas?

Amigos de Cláudia Raia estão preocupados com o novo namorado da artista. Parece que, perto do tal Jarbas Homem de Mello, o Edson Celulari é um poeta. Ela também foi casada com o Alexandre Frota, mas na época ele era praticamente outra pessoa. Ou não?

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.