VETERANA DA MODA PRAIA ABRE EVENTO

Blue Man festejou 40 anos com homenagens

ROBERTA PENNAFORT / RIO , O Estado de S.Paulo

23 de maio de 2012 | 03h05

Considerada a primeira marca de biquíni do Brasil, a Blue Man virou uma quarentona enxuta. O desfile de aniversário abriu o Fashion Rio ontem e homenageou modelos marcantes de cada década: a pioneira garota-propaganda Rose di Primo, Monique Evans, musa dos anos 1980, e Paulo Zulu, sensação dos anos 1990, cujos rostos foram impressos em peças como saídas de praia e camisetas. Foram vistos maiôs resgatados de outros verões, como o asa-delta, e estampas tropicais . O toque moderno foi dado pela estamparia digital. Tudo bem colorido, usável e sexy.

O dia foi marcado por atrasos. A Blue Man começou a tarde 50 minutos depois do previsto e a partir dela se deu o efeito cascata. O pior atraso foi o da grife de acessórios New Order: 1h50. O público reagiu com gritos.

A inspiração da New Order foi o universo náutico. Cordas serviram de cinto, tiras de sandália, suporte de óculos. Conchas douradas decoravam as bolsas.

Os desfiles da Sacada, estreante no Fashion Rio, e da Patachou tiveram como traço comum a elegância. A primeira trouxe bastante dourado, tons quentes, brilhos e transparências. A segunda teve como tema os jardins de Monet e desfilou cores suaves e tecidos leves.

Já a Oh Boy, outra estreante, viajou ao Japão e adaptou o estilo das garotas aficionadas por moda de Tóquio para o Rio. Metalizados e brincos grandes deram o tom.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.