Vergonha do 'oi, oi, oi'

Aí tem!

TUTTY HUMOR, O Estado de S.Paulo

17 Outubro 2012 | 03h05

Brasil x Japão, na Polônia, às 14h (horário local), em estádio vazio, francamente, se isso não for lavagem de dinheiro... Quando, afinal, a CBF vai a julgamento no STF?

Ô, raça!

O brasileiro vai gastar neste ano R$ 5,92 bilhões - R$ 36,31 por habitante - em cuidados com animais de estimação.

E pensar que ainda outro dia a tal da nova classe média estava chamando urubu de meu louro.

Última instância

Atlético Mineiro e Grêmio - respectivamente 2.º e 3.º colocados no Brasileirão - querem juízes do STF apitando as partidas do líder Fluminense nesta reta final da competição.

Eu, hein!

Campinas é, salvo engano, o único lugar do mundo onde morcegos mordem criancinhas em piscina de bolinhas de casa de festas. Ou não?

Vai com Deus!

É grande o desânimo no STF para o bota-fora de Ayres Britto em novembro. Festa, convenhamos, nunca foi o forte do ministro que preside o tribunal!

Política global

Maior temor de Barack Obama no debate de ontem, enfim, não se confirmou: o republicano Mitt Romney nem tocou no assunto 'kit gay' do governo.

Do intelectual que não acompanha novela por questão de princípio ao jovem descolado que não tem TV em casa, nem todo brasileiro sabe quem é Carminha, mas há que se descontar nesta minoria os infiltrados que fingem não assistir a Avenida Brasil.

Existe um pessoal por aí que, envergonhado da própria mediocridade cultural, vê novela no armário, escondido, para não se passar por um alienado qualquer. Não é fácil! O noveleiro enrustido vive angustiado com a necessidade de manter aparências de espectador inteligente!

Nada mais solitário que seguir uma novela em segredo! Sabe lá o que é tirar conclusões peculiares sobre o assassinato do Max ou o sequestro do Tufão e não poder discutir seus prognósticos com ninguém?

Precisa ser bom ator para encenar falta de assunto com absoluto conhecimento de causa na conversa que, até sexta-feira, prevalece em todo o País, ou seja, "oi, oi, oi!"

Bobagem tentar evitar!

Novela é, de fato, um vício perigoso, mas se não for misturado a outras drogas do gênero - tipo livros do Paulo Coelho, por exemplo -, o risco de overdose é praticamente zero. E olha que tem gente por aí tomando Avenida Brasil na veia.

Outras acusações

O STF inocentou Duda Mendonça de lavagem e evasão de dinheiro no julgamento do mensalão, mas isso não o absolve de responsabilidades nas campanhas que elegeram, entre outros, Maluf em 1992, Lula em 2002, Celso Pitta em 2006 e Roseana Sarney em 2010. A prisão do marqueteiro em uma rinha de galo em 2004, como se vê, é pinto comparada ao conjunto de sua obra!

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.