Vergonha de ser humano

Acho que desde outubro de 2008, durante aquelas 100 horas de cárcere privado seguido de morte de uma adolescente num conjunto habitacional de Santo André, o Brasil não se chocava tanto com a estupidez de um crime. Não se fala de outra coisa nas últimas 100 horas em todo o País. Nos telejornais, o passo a passo da barbárie contra essa jovem desaparecida há 1 mês na região metropolitana de Belo Horizonte transformou o noticiário em filme de terror trash.

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

09 de julho de 2010 | 00h00

O espanto, no caso, transcende os limites da crônica policial. Por trás do motivo torpe da lambança, a mecânica macabra do sacrifício da vítima tem levado muita gente a um estado de catatonia reflexiva diante dos fatos: como pode um ser humano virar esse tipo de monstro de seriado B?

No capítulo de ontem, a perplexidade dos homens de bem chegou ao canil das almas. Impacto igual, que me lembre, só quando aquela garotinha foi defenestrada do 6.º andar do Edifício London, na Vila Guilherme (SP), em março de 2008.

Notícias assim são paralisantes! O Brasil assiste incrédulo a um desses momentos em que a raça humana fica envergonhada da civilização. Não deixa de ser uma forma de fim do mundo, né?

Parem esse 174, eu quero descer!

Atração fatal

Onde diabos Pelé se meteu na hora do lançamento da "Brasil 2014", ontem, em Johannesburgo? O cara só apareceu na Copa para bater boca com Maradona.

Moluscos na Copa

"Não dá para competir com este polvo!"

Lula, perguntado sobre seu prognóstico para a final da Copa.

Off-Copa

É grande a expectativa em Havana para a libertação dos 52 dissidentes políticos que o governo prometeu soltar. Fidel teria fechado patrocínio com a parceira Adidas para que todos saiam da cadeia com agasalhos da marca esportiva alemã.

Munição extra

Felipe Melo está acertando sua transferência para a Inglaterra. É promessa de chumbo grosso no Arsenal.

Feriadão de lua de mel

Num esforço concentrado de perder o fôlego, o Senado aprovou projeto de extensão da licença-casamento de três para cinco dias. Não deixa de ser um estímulo à união estável do brasileiro, né não?

Ela merece!

Se a jornalista Sara Carbonero, namorada do goleiro Casillas, prometer ficar nua caso os espanhóis conquistem o título na África do Sul, os holandeses entregam o jogo.

Índio camarada

De uma raposa puro-sangue do PSDB, ainda inconformada com o cruzamento com vice do DEM na chapa tucana: "O Serra é muito cacique pra pouco Índio da Costa!"

Blablablá

Vai começar agora aquela conversa fiada sobre o legado que a Copa do Mundo vai deixar na África do Sul. Repara só!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.