Vereador é encontrado morto em casa

O vereador da cidade catarinense de Chapecó Marcelino Chiarello (PT), de 44 anos, foi encontrado enforcado ontem em sua casa. O delegado Alex Passos disse que o caso é tratado como homicídio, porque havia grande hematoma na cabeça e marcas de sangue no local. A vereadora Ângela Domingues (PT) disse que Chiarello recebia ameaças de morte e ouviu o colega dizer que precisava de escolta policial.

O Estado de S.Paulo

29 Novembro 2011 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.