Verba para área aumentou 87%

A verba destinada pela Prefeitura de São Paulo para os serviços de varrição das ruas da cidade cresceu 87% entre 2005 e a previsão de gastos para 2011. No mesmo período, porém, a inflação acumulada não vai chegar a 30%, segundo estimativa do Índice de Preços ao Consumidor Aplicado (IPCA), medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foram R$ 276 milhões no primeiro ano de José Serra (PSDB) como prefeito, em 2005, e serão R$ 437 milhões no quinto ano de Gilberto Kassab (DEM).

, O Estado de S.Paulo

29 Outubro 2010 | 00h00

Em agosto de 2009, Kassab chegou a reduzir em 9% a verba da limpeza. Mas, nos meses seguintes, a sujeira nas calçadas foi apontada pelo próprio governo como um dos motivos que agravaram as inundações dos córregos e os alagamentos de ruas do centro expandido. As empresas chegaram a mandar uma carta para o Legislativo na qual ameaçavam piorar os serviços - a verba reduzida foi reposta em dezembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.