Ventos fortes cancelam travessia de balsas no litoral de São Paulo

Entre São Sebastião e Ilhabela, pedestres precisaram aguardar no terminal de embarque durante toda a madrugada

Reginaldo Pupo, Especial para O Estado

05 Agosto 2014 | 18h24

SÃO SEBASTIÃO - Um vendaval que atingiu a região do litoral norte paulista na madrugada desta terça-feira, 5, destruiu árvores e interrompeu o serviço de travessia por balsas entre São Sebastião e Ilhabela por sete horas consecutivas. Pedestres precisaram aguardar no terminal de embarque durante toda a madrugada e reclamaram do frio, já que o local está com as janelas quebradas.

Algumas residências da região central de São Sebastião e Caraguatatuba foram destelhadas. Segundo a Defesa Civil sebastianense, os ventos atingiram 79 km/h, quando começaram, por volta das 22h30 da última segunda-feira. Ninguém ficou ferido, segundo o órgão. Duas árvores caíram na Rodovia Rio-Santos nos quilômetros 138 (Praia de Guaecá) e 142 (Praia de Toque Toque Grande) por volta das 3h desta terça-feira. A Defesa Civil conseguiu liberar a pista uma hora depois.

Em Ilhabela diversas embarcações se desprenderam dos locais onde estavam ancoradas e foram parar nas praias. Entre elas estava um barco que realiza passeios com turistas, que encalhou na areia no centro da ilha. Outros barcos também foram parar na Praia de São Francisco, em São Sebastião.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo São Sebastião Ilhabela

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.