Vendedor acusado de violentar menina é preso em São Paulo

Garota de 11 anos acordou com dor na região anal e homem estava dormindo ao seu lado, com calças abaixadas

Solange Spigliatti, estadao.com.br

14 de outubro de 2008 | 18h29

O vendedor Odorido M.F., de 29 anos, foi preso em flagrante na manhã desta segunda-feira, 13, em uma residência na rua Andrade Maia, região da Vila Matilde, zona leste da capital. O vendedor é acusado de abusar sexualmente de uma menina de 11 anos. Ele mantinha um relacionamento amoroso com a mãe da vítima e dormia na mesma residência.   Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a criança, em seu depoimento, disse que ao acordar em sua cama, percebeu que estava sem roupas e sentia dores na região anal. Ela viu que Odorido estava deitado ao seu lado, com a calças abaixadas. Com isso passou a gritar por sua mãe. Depois de saber do ocorrido, a mãe passou a gritar pedindo socorro aos vizinhos.   O suspeito, após confessar o crime, foi agredido por populares com socos e pontapés, mas o linchamento foi contido por policias militares que chegaram para atender a ocorrência. Odorido assumiu informalmente aos policiais militares a prática do crime.   A garota foi encaminhada ao Projeto Bem Me Quer, no Hospital Pérola Byington, para realizar os exames necessários. Ele foi medicado no pronto-socorro local e levado ao 21.º Distrito Policial.

Tudo o que sabemos sobre:
SSPagressãoabuso sexualpedofilia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.