Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Redução de velocidade nas Marginais começa na 2ª quinzena de julho

Secretário de Transportes informou que mudança passa a valer 'no dia 17 ou dia 21'; objetivo é diminuir acidentes e mortes no trânsito

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

30 Junho 2015 | 14h10

SÃO PAULO - O secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, afirmou nesta terça-feira, 30, que a nova velocidade nas Marginais do Tietê e do Pinheiros vai começar a valer a partir da segunda quinzena de julho. A mudança é uma proposta da Prefeitura de São Paulo para tentar diminuir os acidentes e mortes no trânsito. 

"Onde está 90 (km/h) vai para 70 (km/h); onde está 70 (km/h), 60 (km/h); onde está 60 (km/h), 50 (km/h)", afirmou Tatto. "(A mudança) vai ser em julho. No dia 17 ou dia 21. Está programado, e a gente vai fazer."

Questionado sobre quando os motoristas que trafegarem acima da nova velocidade permitida vão passar a ser multados, o secretário respondeu: "De imediato. Se já tem sinalização, é de imediato". Para o período de adaptação, a Prefeitura informou que vai instalar placas de sinalização e avisar aos condutores antecipadamente.

Ainda de acordo com Tatto, os radares vão ser reprogramados para a nova velocidade máxima, mas não devem ser instaladas mais fiscalizações. O secretário também afirmou que "não precisa convencer" os opositores da medida. "Não dá para 1300 pessoas morrerem por ano no trânsito e não fazer nada. Não é uma questão de convencimento."

Minhocão. Tatto vai levar ao Conselho da Cidade de São Paulo, nesta quarta-feira, 1.°, a proposta de iniciar o período de testes para que o Minhocão, na região central, seja fechado aos sábados, a partir do próximo, às 15 horas.

Na ocasião, o secretário de Transportes também vai apresentar o estudo de impacto sobre o fechamento da Avenida Paulista no último domingo, 28.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.