Hélvio Romero/ Estadão
Hélvio Romero/ Estadão

Veja rotas alternativas para não ficar preso no trânsito durante desfiles de blocos de rua em SP

Também haverá bloqueios entre esta sexta-feira e terça-feira para a realização dos desfiles das escolas de samba de São Paulo no sambódromo do anhembi

Renata Okumura, O Estado de S.Paulo

21 de fevereiro de 2020 | 14h00

SÃO PAULO - A Prefeitura programou uma série de bloqueios em ruas e avenidas de São Paulo para que os blocos - e os foliões - possam se apresentar. Quem não vai aproveitar a folia e não quer ficar preso no trânsito deve ficar atento às rotas alternativas. O carnaval de rua começou em 15 de fevereiro e acaba oficialmente em 1.º de março. 

Também haverá bloqueios na região do Sambódromo do Anhembi entre esta sexta-feira, 21, e terça-feira, 25, para a realização dos desfiles das Escolas de Samba de São Paulo.

O Município estima que 15 milhões de foliões devem acompanhar o carnaval da cidade, número superior aos 14 milhões no ano passado. Serão 678 blocos de rua na capital paulista - 38,5% a mais que em 2019, quando foram realizados 490 desfiles -, além dos desfiles no sambódromo.

Confira a seguir mapas elaborados pelo Estado com trajetos, interdições e alternativas para a realização dos principais circuitos, conforme a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) divulgou.

Circuito: Avenida Tiradentes

Circuito: Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini

Circuito: Avenida Brigadeiro Faria Lima

Circuito: Avenida Hélio Pellegrino - Vila Mariana

Circuito: Avenida Hélio Pellegrino - Pinheiros

Circuito: Centro Novo

Circuito: Avenida Paulo VI 

Circuito: Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó

Circuito: Avenida Pedro Álvares Cabral

Circuito: Avenida Henrique Schaumann

Circuito: Rua da Consolação

Circuito: Avenida Marquês de São Vicente

Circuito: Avenida Luiz Dumont Villares

Interdições na região do Sambódromo do Anhembi

Largo da Batata e Vila Madalena: áreas restritas para o carnaval deste ano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.