Veja o trajeto da Parada Gay e os bloqueios do trânsito

Neste domingo acontece a 13ª edição do evento; Metrô aumenta número de trens

13 Junho 2009 | 15h39

A festa mais colorida da cidade chega neste domingo, 14, à sua 13ª edição. E com novo nome: Parada do Orgulho LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros) de São Paulo, em vez de GLTB. É que a associação que organiza o evento decidiu que o elemento feminino deveria vir à frente.

 

linkMetrô aumenta o número de trens

somSão esperados 400 mil turistas

somPresidente de entidade fala sobre a parada

 

Os trios atravessarão a Avenida Paulista na contramão até a esquina com a Consolação, por conta das obras da Linha Amarela do Metrô. A partir daí, seguem na pista da direita até a Roosevelt. A CET interditará quatro vias e proibirá o estacionamento em outras quatro. Os bloqueios começam às 10 horas e, em algumas ruas, só serão liberados às 21 horas.

 

 

A primeira interdição vai das 10 horas às 11h30 nos dois sentidos da Paulista, entre a Alameda Joaquim Eugênio de Lima e a Rua Peixoto Gomide. Em seguida, será interditado o trecho até a Consolação. A partir do meio-dia haverá interdições na Rua Rego Freitas e na Avenida Ipiranga.

 

Será proibido estacionar na Alameda Santos e no corredor composto pelas vias Cincinato Braga, São Carlos do Pinhal e Antônio Carlos. A Avenida Angélica e a Ligação Leste-Oeste são as opções à Consolação. A SPtrans vai alterar o itinerário de 55 linhas de ônibus. Mais informações pelo site da SPTrans.

Mais conteúdo sobre:
Parada Gay São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.