Veja o que abre e o que fecha em SP no feriado de Nossa Senhora Aparecida

Rodízio municipal de veículos ficará suspenso e Ciclofaixa de Lazer funcionará

estadão.com.br,

11 Outubro 2011 | 12h06

SÃO PAULO - Nesta quarta-feira, 12, Dia de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, o funcionamento das repartições públicas municipais terá horário especial. O rodízio municipal de veículos ficará suspenso, mas volta a valer normalmente na quinta-feira para carros com placa final 7 ou 8.

Os ciclistas poderão aproveitar a Ciclofaixa de lazer será ativada das 7h às 16h. A rota, com 45 quilômetros de extensão, liga os parques das Bicicletas, do Ibirapuera, do Povo, Villa-Lobos, Avenida Chedid Jafet, Rua Funchal, Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini e Avenida Jornalista Roberto Marinho (até o futuro Parque Clube do Chuvisco).

Veja o que abre e o que fecha no feriado na capital paulista:

Abastecimento

Vão abrir no dia 12 os mercados municipais: Central Leste, das 7 às 13 horas; Pirituba, das 7h às 14h; Ipiranga, Penha, Sapopemba, Tucuruvi, Vila Formosa e Teotônio Vilela, das 8h às 13h; Guaianases, das 8h30 às 13h. Os demais, incluindo o Paulistano (Mercadão Central) não abrirão.

Os sacolões atenderão nos seguintes horários: Jaguaré, das 6h30 às 13h; Santo Amaro, das 7h às 12h; João Moura e City Jaraguá, das 7h às 13h; Piraporinha, 7h às 14h; Brigadeiro e Jaraguá, 7h às 18h; Lapa, 7h às 18h30; Rio Pequeno, Avanhandava e Bela Vista, 7h às 19h; Freguesia do Ó, Estrada do Sabão, COHAB Adventista e Butantã, 7h às 20h; Cidade Tiradentes, 8h às 15h; e São Miguel, 8h às 19h.

As feiras livres funcionarão normalmente nos locais e horários habituais.

Assistência Social

No dia 12, só vão funcionar os serviços de emergência e acolhida que atendem 24 horas, ininterruptamente. São eles: Abrigos/Casas de Acolhida, Central de Atendimento Permanente e de Emergência e os Centros de Acolhida (antigos albergues).

Cultura

Não abrirão no dia 12: as bibliotecas de bairros, a Biblioteca Mário de Andrade, Bosques de Leitura, Arquivo Histórico Municipal, Escola de Dança de São Paulo, Escola Municipal de Iniciação Artística, Escola Municipal de Música, Ponto de Leitura do Piqueri, teatros Alfredo Mesquita, Artur Azevedo, Flávio Império, Martins Penna, Cacilda Becker, Paulo Eiró e Zanoni Ferrite.

Funcionarão normalmente, nos horários habituais: Centro Cultural São Paulo, Casa do Bandeirante, Casa do Grito, Casa do Tatuapé, Monumento à Independência (Capela Imperial), Teatro Municipal e Museu do Teatro, Teatro João Caetano e Sítios da Ressaca e Morrinhos.

O Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso abrirá das 10h às 18h, e a Galeria Olido, das 13h às 21h.

Educação

Não haverá aulas nas escolas municipais. Os Centros Educacionais Unificados (CEUs) abrirão para atividades esportivas e de lazer, nos horários habituais.

Esportes

Os Clubes Escola abrirão para atividades esportivas e de lazer nos horários habituais.

Saúde

No dia 12, os hospitais, prontos-socorros e os serviços de Assistência Médica Ambulatorial (AMAs) funcionarão o dia todo, ininterruptamente. As AMAS tradicionais abrirão das 7h às 19h. As AMAs Especialidades não abrirão e voltarão a atender no dia 13. As AMAs que funcionam 24 horas, e atendem todos os dias, funcionarão ininterruptamente. As Unidades Básicas de Saúde (UBS) e os Ambulatórios de Especialidades não funcionarão e reabrirão no dia 13.

Subprefeituras

As Praças de Atendimento não funcionarão, reabrindo na quinta-feira (13).

Trabalho

As unidades do CAT - Centro de Apoio ao Trabalho e as do Banco de Microcrédito São Paulo Confia não atenderão ao público. As atividades voltarão ao normal no dia 13, com o CAT funcionando das 8h às 17h, e o Banco de Microcrédito, das 9h às 18h.

Verde e Meio Ambiente

Todos os parques municipais abrirão nos horários habituais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.