Veja o que abre e o que fecha em SP no feriado

Capital terá sol e calor e chuva à tarde; máxima chega a 33ºC

O Estado de S. Paulo

20 Novembro 2013 | 09h41

O feriado do Dia da Consciência Negra em São Paulo será de muito sol e calor. A máxima, segundo a Climatempo, chega a 33ºC. À tarde, a previsão é de chuva. Quem optar pelas ciclofaixas de lazer, ativadas entre 7 horas e 16 horas, e os parques municipais, que abrem normalmente, deve procurar se hidratar. Confira aqui atrações culturais para o dia de folga.

Veja o que abre e o que fecha na cidade nesta quarta-feira, 20: 

Transporte: o rodízio municipal de veículos está suspenso. Também estarão suspensas todas as restrições de circulação de caminhões. As ciclofaixas de lazer serão ativadas, excepcionalmente, das 7h às 16h. A frota de trens do metrô será similar à dos domingos, com reforço na oferta de viagens nas linhas Azul e Vermelha. A CPTM funcionará normalmente, exceto pela linha Esmeralda, que passará por obras, por isso o intervalo de espera dos passageiros será maior.

Saúde: os hospitais e prontos-socorros funcionarão normalmente, assim como as 99 AMAs tradicionais e as 20 AMAs de operação 24 horas. As 19 AMAs Especializadas e as UBS Integrais fecham.

Educação: os CEUs só abrirão para atividades esportivas e de lazer.

Poupatempo: os postos de atendimento presenciais não abrirão, enquanto o teleatendimento funcionará normalmente.

Detran e Procon: nenhuma unidade funcionará.

Cultura: As bibliotecas Monteiro Lobato, Álvares de Azevedo, Cora Coralina, Pe. José de Anchieta, Raul Bopp, Viriato Correa e Paulo Setúbal abrirão no horário habitual. Beco do Pinto, Capela do Morumbi, Casa da Imagem (antiga Casa nº 1), Casa do Grito, Casa Modernista, Casa do Sertanista, Casa do Tatuapé, Monumento à Independência (Capela Imperial), Sítio da Ressaca, Sítio Morrinhos, Solar da Marquesa de Santos, Ônibus Bibliotecas e Pavilhão das Culturas Brasileiras vão abrir das 9h às 17h.

O Centro Cultural São Paulo, o Centro Cultural da Penha e o Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso funcionarão das 10h às 18h.

Não funcionarão no feriado: o Arquivo Histórico, a Biblioteca Mário de Andrade, as Bibliotecas de Bairro, a Escola Municipal de Bailado, a Escola Municipal de Iniciação Artística, a Escola Municipal de Música, a Hemeroteca, o Ponto de Leitura Piqueri, além dos teatros Artur Azevedo e Paulo Eiró, que estão em reforma.

Subprefeituras: as Praças de Atendimento não abrirão.

Esporte: os 45 Centros Esportivos da Comunidade e os Clubes das Comunidades vão abrir apenas para atividades esportivas e de lazer.

Parques: os Parques Municipais abrirão normalmente.

Assistência social: os serviços de emergência e acolhida funcionarão 24 horas. Não funcionarão a Loja Social, o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), a Supervisão de Assistência Social (SAS) e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

Abastecimento: todos os mercados municipais abrirão e o único sacolão que fechará é o de São Miguel. As feiras livres atenderão nos locais e horários habituais.

Mais conteúdo sobre:
Dia da Consciência Negra feriado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.