Jenny Kane/AP Photo - 11/08/2019
Jenny Kane/AP Photo - 11/08/2019

Veja dicas para evitar armadilhas ao utilizar apps de encontro

Crimes que utilizam aplicativos para realizar sequestro-relâmpago têm crescido em São Paulo; confira medidas de segurança recomendadas

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

20 de janeiro de 2022 | 15h00

Crimes que utilizam aplicativos de encontro para realizar sequestro-relâmpago tem crescido em São Paulo. Para evitar armadilhas ao utilizar os apps, o Estadão ouviu reuniu recomendações de segurança para serem tomadas antes e depois do primeiro encontro. Veja abaixo:

  • Antes do encontro, faça uma chamada de vídeo e compare a imagem com o perfil. O vídeo tem de ser nítido, de perto, capaz de identificar a pessoa;
  • Compartilhe informações do perfil da paquera com os amigos e avise sobre o encontro presencial;
  • Marque o primeiro encontro em um local público. Evite residências;
  • Não abuse drogas e bebidas e respeite seus limites;
  • Verifique a identidade da pessoa (nome completo, RG, CPF), procure fotos e elementos que indiquem que ela é de verdade;
  • Se você se sentir desconfortável ou se sua intuição disser que há algo, peça ajuda ou vá embora;
  • Não tenha pressa. Dê tempo ao tempo e conheça a pessoa antes de aceitar o encontro pessoal. 

 

Tudo o que sabemos sobre:
sequestro-relâmpago

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.