Veja as propostas da prefeitura de SP contra congestionamentos

Em duas semanas, por quatro vezes foram quebrados os recordes de lentidão entre 9 e 9h30. No dia 12, a maior marca do período foi de 186 quilômetros, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). À noite, o índice também se mantém elevado e chegou a 221 quilômetros de engarrafamento. Depois desta série de congestionamentos recordes, a prefeitura anunciou um pacote de medidas. Veja quais são as propostas da administração municipal:   ESTUDOS E PROJETOS - A Empresa Municipal de Urbanização (Emurb) será responsável por identificar a viabilidade de novas obras viárias em São Paulo, incluindo uma nova ponte sobre a Marginal do Pinheiros e dois viadutos na Avenida do Estado. Os estudos também vão analisar a possibilidade da construção de um anel viário na região da represa de Guarapiranga, na zona sul, e a criação de uma interligação entre as Avenidas Aricanduva e Ragueb Chohfi, na zona leste. Uma das licitações também vai requerer estudos sobre a implantação de ligação viária do Túnel Ayrton Senna até a Avenida 23 de Maio, no sentido centro.   OBRAS - A Prefeitura de São Paulo fará obras nos seguintes locais para melhorar a situação do trânsito na capital:   Rua Clélia - a sinalização está sendo reformada e a via terá novas medidas operacionais, além de um corredor virtual. As obras na via, por onde passam em média 445 mil pessoas, estão previstas para acabarem no próximo dia 23. Av. Robert Kennedy x Rua Olívia Guedes Penteado - as obras já iniciadas farão uma adequação geométrica e de semáforos na via, além da criação de um novo ponto de parada para ônibus. Passam cerca de 405 mil pessoas pelo local, onde as obras estão previstas para acabarem em maio deste ano. Estrada do M'Boi Mirim - a via terá o corredor de ônibus separado da pista, para melhorar a fluidez de veículos, por onde passam cerca de 200 mil pessoas diariamente. As obras, que já começaram, estão previstas para terminar no próximo mês. Av. Senador Teotônio Vilela x Av. Rodrigues Vilares - a Prefeitura planeja fazer melhorias viárias e também inversão nas paradas desta via, por onde circulam cerca de 435 mil pessoas. As obras estão previstas para começarem no próximo dia 24 e para serem encerradas em junho deste ano. Av. Senador Teotônio Vilela x Av. Paulo Guilguer - serão feitas melhorias viárias, principalmente no retorno ao Terminal Varginha. As obras devem começar no próximo dia 24 e acabar em junho deste ano. Av. Ipiranga x Av. Consolação - sofrerá uma adequação geométrica de pista e terá alterações nos semáforos. O início das obras está marcado para o dia 24 e deve terminar no também no mês de junho de 2008. Terminal Bandeira - a partir do dia 24, as obras farão com que o acesso ao terminal tenha o sistema viário norte e sul integrado. Estima-se que 450 mil pessoas passem pelo terminal a cada dia útil. Av. João Dias x Rua Itapaiúna - as paradas terão a capacidade de passageiros ampliada, nas obras com início previsto para o próximo dia 31 e término em maio deste ano. Av. Robert Kennedy x Av. Prof. Papini - neste trecho será implementada parada no canteiro central da via. As obras começam início de abril e devem acabar junho. Av. Guarapiranga x Av. Guido Caloi - as obras farão, a partir de 5 de abril, adequações geométricas e melhorias na sinalização. As mudanças devem estar prontas no mês de junho. Estrada de Itapecerica - as obras aumentarão a capacidade de passageiros nas paradas. As reformas devem ser iniciadas na primeira semana de abril e finalizadas em junho. Terminal Grajaú - as reformas devem fazer melhorias no entorno do terminal e priorizar o acesso dos coletivos ao corredor, com início das obras para o próximo dia 5 e fim em junho de 2008. Estrada de Itapecerica - a parada Nicolino Barra, no canteiro central, será ampliada, a partir do fim de abril. O fim das reformas deve acontecer em julho. Terminal João Dias - com as reformas, o acesso dos ônibus ao corredor será priorizado. As obras começam no dia 30 de abril e devem acabar o mês de julho. Estrada do Campo Limpo - sofrerá intervenções para melhoria do trânsito até a Avenida Prof. Francisco Morato. O projeto dessa reforma ainda está em andamento. Além disso, projetos para reformar as estações de transferência Vitor Manzini e Rio Bonito e a Parada da Belezas também estão em andamento, sem previsão para início das obras.   ROTAS ALTERNATIVAS - A prefeitura finaliza um mapa com 140 rotas alternativas que devem ser divulgadas nesta quarta-feira. Para a prefeitura, há possibilidade de repartir o fluxo de veículos entre ruas movimentadas e outras que recebem menos carros. Mas a administração municipal afirma, no entanto, que as alternativas serão adotadas em vias onde já há movimentação de veículos e as áreas residenciais não serão invadidas.   SINAL ELETRÔNICO - Outra medida será o ajuste dos tempos de semáforos em corredores de ônibus para diminuir o tempo no percurso. A prioridade é para o transporte público. A prefeitura pretende reduzir pela metade ou até em dois terços o tempo nos corredores, o que já acontece no corredor da Estrada do M'Boi Mirim.   CARGA E DESCARGA - A circulação de caminhões também será afetada.A prefeitura pretende impedir que cargas circulem em determinadas regiões, também não definidas. No ano passado, a Secretaria de Transportes ampliou a Zona de Máxima Restrição à Circulação (ZMRC) de 11,5 quilômetros para 24,5 quilômetros quadrados. No perímetro, os caminhões não podem circular de segunda a sexta-feira, das 10 às 20 horas, e no sábado, das 10 às 14 horas. Estão liberados apenas os chamados Veículos Urbanos de Carga (VUCs), que têm dimensões máximas de 6,3 metros de comprimento e 2,2 metros de largura.    ESTACIONAMENTO - A prefeitura pretende proibir o estacionamento de carros em algumas vias de São Paulo das 5h30 às 7h30. O secretário chegou a usar como exemplo a Avenida Juntas Provisórias, na região do Ipiranga, e a Alameda Santos, nos Jardins. No entanto, a CET não definiu em que ruas essa proibição vai efetivamente funcionar.   Para melhorar a circulação do transporte público, os seguintes projetos devem ser realizados:   Rua Rodolfo Júnior - entre as ruas Gabriela Mistral e Capitão João Cesário, será proibido estacionar do lado direito, das 6 às 9 horas, de segunda a sexta-feira, e também fazer carga de descarga. Rua Catumbi - no trecho entre a Avenida Celso Garcia e a Rua Cachoeira será proibido estacionar das 6 às 19 horas, de segunda a sexta-feira, e das 6 às 13 horas aos sábados. Cargas e descargas também ficam proibidas. Av. Águia de Haia - entre a Radial Leste e a Avenida São Miguel, será proibido estacionar das 5 às 9 horas, no sentido Radial, e das 17 às 20 horas, sentido São Miguel. Além disso, cargas e descargas também ficam proibidas. Corredor Vergueiro - na Rua Vergueiro vai ser proibido estacionar por tempo integral e, em outro trecho, será proibido das 6 às 10 horas e das 17 às 20 horas, do lado direito; na Rua Domingos de Morais um retorno vai ser fechado e o horário da Zona Azul será revisto. Em ambas as vias cargas e descargas serão proibidas. Corredor Jabaquara - será retirada a sinalização da Zona Azul e cargas e descargas estarão proibidas na Avenida Eng. Armando de Arruda Pereira. Corredor Santa Catarina - na Avenida Santa Catarina será proibido estacionar no trecho entre as avenidas Mascote e João Barreto de Meneses. Cargas e descargas também ficarão proibidas. Estrada do M'Boi Mirim - ficará proibido fazer cargas e descargas nos trechos da Rua Anhanduí Mirim até a altura do Terminal Jardim Angela, nos dois sentidos. Av. Carlos Lacerda - deve ficar proibido estacionar e fazer cargas e descargas desde a Estrada de Itapecerica até a Rua Otusco. Rua. Dr. Antônio Bento - entre a Avenida Santo Amaro e a Praça Dona Benta ficará proibido estacionar do lado direito das 6 às 20 horas, de segunda a sexta-feira, e das 6 às 14 horas aos sábados. Av. Yervant Kissajikian - por toda extensão ficará proibido estacionar do lado direito e fazer carga e descarga em ambos os lados. Av. Adolfo Pinheiro - por toda extensão ficará proibido estacionar do lado direito e fazer carga e descarga em ambos os lados. Avenidas Cupecê e Ver. João de Luca - em toda extensão, no sentido centro, será proibido estacionar das 16 às 20 horas, de segunda a sexta-feira; no sentido bairro, fica proibido das 6 às 10 horas, de segunda-feira a sábado. Além disso, fazer cargas e descargas também serão proibidas.   Agora, opine: As medidas anunciadas vão resolver o problema?

da Redação, estadao.com.br

19 de março de 2008 | 09h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.