Vão a júri 4 PMs acusados de matar dupla para se vingar de briga ocorrida em 2003

A Justiça decidiu mandar a júri popular os quatro policiais militares acusados de matar Emerson Heida, de 28 anos, e Edson Edney da Silva, de 27, em 10 de setembro de 2010, na zona sul da capital. Para o juiz Paulo Henrique Simardi Pagliuso, há indícios de que os PMs tenham cometido o crime por vingança. Os quatro estão presos.

, O Estado de S.Paulo

21 de junho de 2011 | 00h00

Os dois amigos estavam em um Kadett quando foram abordados. Eles haviam deixado o irmão de Emerson em um ponto de ônibus, que viu a dupla conversando com PMs. Depois, os dois sumiram. Os corpos foram achados um mês depois e o carro apareceu queimado (foto). O motivo do crime seria vingança de uma briga de 2003 entre um dos PMs e Emerson.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.