Renato S. Cerqueira-FuturaPress?Estadão
Renato S. Cerqueira-FuturaPress?Estadão

Vândalos danificam estátuas no Cemitério do Araçá

Cerca de 30 pessoas estiveram no local no domingo e foram vistas por testemunhas pulando o portão

O Estado de S. Paulo

06 de janeiro de 2014 | 14h34

SÃO PAULO - Um grupo entre 25 e 30 pessoas invadiu na madrugada de domingo, 5, o Cemitérios do Araçá,  na região da Consolação, zona oeste, e danificou ao menos 21 estátuas, dois carros elétricos, uma capela e os banheiros. Segundo testemunhas, eles trajavam roupas pretas e pularam o portão da entrada para sair do local por volta das 4h.

O caso foi registrado como vandalismo no 91º DP (Vila Leopoldina), mas será investigado pelo 23º DP (Perdizes). Segundo a Secretaria de Serviço Funerário, não houve furtos.  Ainda não foi levantado o valor dos estragos.

Algumas das estátuas tombadas eram de bronze e mármore de Carrara, trazidas por famílias da Itália.  O Cemitério do Araçá foi fundado em 1887, mas, segundo a Prefeitura, não é registrado como Patrimônio Histórico.

 Em novembro, o Ossário Geral e estátuas do cemitério foram alvo de vândalos.

Tudo o que sabemos sobre:
vandalismocemitério do Araçá

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.