Valor de ingressos para show será devolvido

A empresa Time for Fun informou ontem que os ingressos para o show que o grupo Charlie Brown Jr. faria, no dia 6 de abril, no Credicard Hall, em São Paulo, serão reembolsados. A forma ainda será divulgada. Em nota, a empresa chamou Chorão de "parceiro de inúmeras e históricas apresentações" e lamentou a perda. O grupo celebraria 20 anos com apresentação única para 6 mil pessoas no local.

JOTABÊ MEDEIROS, O Estado de S.Paulo

07 Março 2013 | 02h10

O grupo não deverá ter prosseguimento sem Chorão. O show no Credicard marcaria a reconciliação com seus antigos colegas Champignon (baixo) e Marcão (guitarra). Os dois, que fizeram parte da formação original, estavam em projetos paralelos desde 2005. O baixista Champignon deu a entender que reunião futura da banda é improvável. "A gente ia voltar dia 22 agora, para tocar, mas isso não vai mais acontecer", ressaltou.

Um dos fãs que prestaram homenagens ao cantor na frente do prédio onde vivia, o estudante Nicola Rinaldi também não acreditava em continuidade. "Não tem como, porque a banda nasceu dele, e acho que não tem como dar prosseguimento. Infelizmente é o fim e o mais difícil vai ser a gente se conformar com essa ideia agora", lamentou.

Última música. Nesta semana, seria lançada uma das últimas músicas compostas por Chorão e pelo Charlie Brown Jr., Meu Novo Mundo. "Cuidado com o destino, ele brinca com as pessoas", diz a letra.

No show do Credicard Hall, os músicos lançariam seu mais recente trabalho, o CD e DVD ao vivo Música Popular Caiçara. O disco tem produção de Liminha e participações especiais de Falcão (O Rappa), Marcelo Nova e Zeca Baleiro (que gravou Proibida para Mim e virou seu amigo). A balada Céu Azul é o carro-chefe. Chorão definiu assim seu último disco: "Cantando com alma e sentimento puro em direção ao futuro".

Tributo. Em Santos, o ex-campeão brasileiro de skate Luciano Kid, que era amigo de Chorão, sugeriu a criação na cidade de um monumento para homenagear o músico. Kid foi o primeiro campeão brasileiro de skate, em 1986. Também a novela Malhação, que teve música-tema do grupo, terminou o capítulo de ontem com um tributo à banda, tocando a música Te Levar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.