Vale a pena colocar no carro adesivos ''de família''?

Cezar Valverde

, O Estado de S.Paulo

06 de junho de 2011 | 00h00

Não

Existem outras formas de demonstrar afeto pela família que não de forma tão pública. O uso dos adesivos pode despertar a atenção de quem quer cometer algo ilícito, oferecendo dados da quantidade de membros da família e das idades aproximadas.

Um criminoso atua onde há informação fácil e, apesar da boa intenção e ingenuidade desses decalques, eles acabam por tornar aqueles que os utilizam mais vulneráveis à atuação dos criminosos. Adesivos com o nome de crianças e informações precisas - como os de "bebê a bordo" e o de cursos e universidade que a pessoa frequenta - facilitam ainda mais sua ação.

DIRETOR DA EMPRESA DE SEGURANÇA GOCIL

Eli Alves da Silva

Sim

Sou favorável ao adesivo pois, figurativamente, demonstra a união e a integração da família, de forma leve, alegre e consistente, contribuindo, positivamente, para propagar a figura familiar com suas mais diversas características. Vejo como uma forma de contribuição muito importante para a nossa sociedade, considerando que a família é a base de nossa formação, em um mundo onde, atualmente, os conceitos sociais andam em desencontro.

A ideia do adesivo parece fortalecer a unidade familiar, até quando entre os seus membros se apresentam animais de estimação, integrando o grupo.

ADVOGADO E CONSELHEIRO DA OAB SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.