Epitácio Pessoa/AE - 01.05.2012
Epitácio Pessoa/AE - 01.05.2012

Valdívia e a mulher ficaram por 2 horas sob domínio de assaltantes

Segundo entrevista concedida pelo pai do jogador a um programa de televisão chileno, o casal foi abordado por dois homens; meia viaja para o Chile ainda nesta sexta

do estadão.com.br - atualizado às 10h30

08 de junho de 2012 | 09h32

O meia chileno Valdívia, do Palmeiras, estava acompanhado da sua mulher quando foi abordado por um assaltante, na noite dessa quinta-feira, 7, na região de Perdizes, em São Paulo. Segundo informações do jogador repassadas à Polícia Militar, ele e a mulher foram vítimas de um sequestro-relâmpago.

O pai do jogador, Luis Valdivia, no entanto, afirmou a um programa de televisão chileno, o Medianoche, que o casal foi abordado por dois homens e ficou por duas horas em poder dos assaltantes. "Ele ia com Daniela (Aránguiz) quando foram abordados por dois indivíduos armados. Eles os ameaçaram. Foi algo horroroso para ela. Por sorte, eles não estavam com os dois filhos pequenos", disse o pai.

A pedido de Valdívia, a Polícia Militar não forneceu mais detalhes sobre o caso. Um policial militar, que pediu para não ser identificado, afirmou que o jogador teria sido dominado por um homem armado por volta das 21 horas na Avenida Sumaré. O assaltante, descrito apenas como negro e alto, teria entrado no carro do atleta e obrigado a vítima a deixá-lo na Avenida Marquês de São Vicente, próximo ao Centro de Treinamento (C.T.) do Palmeiras, região da Barra Funda.

Após roubar uma quantia em dinheiro, o bandido deixou o veículo e Valdívia teria, segundo o policial, tomado um táxi que passava pela avenida. Por volta das 23 horas, o meia ligou para o 190 e solicitou que uma viatura o levasse ou acompanhasse até sua casa, pois estava com medo de retornar sozinho. Policiais militares da 1ª Companhia do 4º Batalhão foram até o CT e o acompanharam até a casa dele.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), as vítimas não estavam em condições de comparecer à delegacia e relataram o ocorrido aos policiais militares. Os policiais que atenderam a ocorrência registraram o caso no 7ºDP, na Lapa. Ainda não foi divulgado o valor roubado do casal.

O pai do jogador informou que o Valdívia deve viajar com a mulher ainda nesta sexta-feira, 8, para Santiago, no Chile.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.