Vacinação contra a gripe vai até o dia 29 na capital paulista

A campanha de vacinação contra a gripe foi prorrogada até o dia 29 na cidade de São Paulo. No restante do País, o procedimento foi encerrado ontem. Dessa forma, quem pertence ao grupo prioritário - gestantes, pessoas com 60 anos ou mais, mulheres até 45 dias após o parto, indígenas, crianças de 6 meses a menores de 2 anos, profissionais de saúde, além dos doentes crônicos e pessoas privadas de liberdade - ainda pode procurar os postos da rede municipal.

O Estado de S.Paulo

11 Maio 2013 | 02h04

O Ministério da Saúde recomenda aos Estados e municípios que não atingiram a meta reforçar as ações para garantir a cobertura mínima de 80% a todos os grupos. Até o meio-dia de terça-feira, mais de 26,3 milhões de integrantes do grupo prioritário haviam sido vacinados no País - 84% da meta.

Em São Paulo, quem ainda não se vacinou pode ir até uma das 443 Unidades Básicas de Saúde (UBS) para a imunização, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. A Coordenação de Vigilância em Saúde (Covisa) informa que foram aplicadas 1.654.058 doses da vacina Trivalente Contra Influenza, no período de 15 de abril a 9 de maio - o equivalente a 67,8% do público-alvo. A meta é vacinar 2,5 milhões no Município de São Paulo (80% do público-alvo).

Além de proteger contra a gripe, a vacina reduz o risco de complicações respiratórias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.