Vacinação contra a gripe acaba amanhã

A campanha nacional de vacinação contra a gripe termina amanhã. O fim estava inicialmente previsto para 26 de abril, mas foi adiado porque o Ministério da Saúde não havia atingido a meta de imunizar pelo menos 80% do público-alvo: idosos acima de 60 anos, crianças de 6 meses a 2 anos, indígenas, gestantes, profissionais de saúde, presidiários e mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias.

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

09 Maio 2013 | 02h02

Na primeira etapa da campanha, 14,9 milhões de pessoas foram vacinadas - cerca de 40% do total desejado pelo governo. O objetivo da vacinação é reduzir as complicações, internações e óbitos provocados por infecções da gripe. Neste ano, serão distribuídas 43 milhões de doses, que protegerão contra os três subtipos do vírus que mais circularam no último inverno: influenza B, A/H1N1 e A/H3N2.

No Estado de São Paulo, 13 pessoas morreram em decorrência da gripe A, conhecida como gripe suína, desde o início de abril. A morte mais recente foi confirmada ontem, em Sorocaba. A mulher, de 52 anos, fazia parte do grupo de risco: era diabética e tinha doença cardiovascular.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.